Campanha Outubro Rosa – um alerta pela saúde

Com o objetivo de conscientizar a população, especialmente as mulheres, sobre o câncer de mama é que foi criada a Campanha Outubro Rosa. O movimento concebido em 1997, nas cidades de Yuba e Lodi, na Califórnia (EUA). Ele se caracteriza por colorir de rosa, cor símbolo da luta contra o câncer de mama, ambientes de acesso público e com isso fazer com que as mulheres dêem um pouco mais de atenção a sua saúde. É o Outubro Rosa.

Na prática, os organizadores querem conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama e do acesso ao tratamento. A partir dos 40 anos, toda mulher tem o direito de fazer uma mamografia por ano pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas muitas não sabem disso. A lei existe, mas o acesso a esse serviço na rede pública ainda não é o ideal. E muitas ainda têm medo de fazer o exame, porque acham que dói.

A incidência da doença aumenta consideravelmente em mulheres acima de 40 anos e é a segunda causa de morte entre mulheres de 40 a 59 anos. A cada hora são diagnosticados cinco novos casos de câncer de mama no Brasil e, se o diagnóstico for feito no início, é perfeitamente curável.

A Direção do Hospital Maternidade Jesus Maria José de acordo com orientação do Colégio Brasileiro de Radiologia recomenda as mulheres acima de 35 anos a realizar uma mamografia anual, por ser a melhor técnica de diagnóstico precoce do câncer de mama.

Portanto, o exame das mamas feito pela própria mulher não substitui o exame físico realizado por profissional de saúde (médico ou enfermeiro) qualificado para essa atividade.

O SISMAMA foi criado para apoiar o desenvolvimento de ações mais eficazes para controle da doença, seja em prevenção, vigilância ou assistência a partir de um mapeamento pioneiro da doença em todo o país e foi implantado nacionalmente em Junho de 2009, com o objetivo de destacar seu importante papel para o gerenciamento das ações de detecção precoce do câncer de mama.

O Hospital Maternidade Jesus Maria José já se utiliza do SISMAMA. O Programa estabelece um sistema de padrão único para os registros de pacientes com diagnósticos ou suspeitas de câncer de mama.

O Programa determina um sistema de cotas destinado à região que compreende a 8ª Micro Regional da Saúde.

O paciente deverá obter a solicitação de Mamografia com seu médico de área, comparecer a Central de Marcações do seu município e agendar o exame.

O HMJMJ realiza mamografias de Segunda a Sexta-Feira de 7h00 às 17h00.


Veja também

Estimativa e Prevenção do Câncer de Mama

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *