Hospital Regional do Sertão Central

Na noite desta terça-feira (08), o Governo do Estado deu mais uma passo para tornar o Ceará referência nacional na assistência a saúde pública. O governador Cid Gomes assinou a ordem de serviço para início das obras do Hospital e Maternidade Regional do Sertão Central (HRSC), com sede em Quixeramobim. O HRSC é a terceira unidade de saúde construída no Interior pelo Estado, através da Secretaria da Saúde (Sesa). O Governo Estadual já inaugurou o Hospital Regional do Cariri (HRC), em Juazeiro do Norte e deve inaugurar em julho deste ano o Hospital Regional Norte (HRN), em Sobral. “Estamos trabalhando para deixar o Estado com a maior e melhor rede de saúde do Brasil. Essa ordem de serviço foi assinada para que a obras comecem imediatamente, e em 16 meses vamos voltar a Quixeramobim para inaugurar o maior hospital de todo o Sertão Central”, destacou Cid Gomes.

Com investimento previsto de R$ 67,6 milhões em obras, a nova unidade de saúde contará com 252 leitos beneficiando mais de 612 mil habitantes. Destes, 15 leitos serão destinados para a emergência infantil, 30 leitos para a emergência adulto, 20 leitos de UTI, 16 leitos de terapia semi-intensiva, 12 leitos de cirurgia, oito no setor de neonatalogia, 11 leitos neonatais e 140 leitos na enfermaria. Ao todo, será atendida a população de Quixeramobim e mais 19 municípios (Boa Viagem, Canindé, Caridade, Itatira, Madalena, Paramoti, Banabuiú, Choró, Ibaretama, Ibicuitinga, Milhã, Pedra Branca, Quixadá, Senador Pompeu, Solonópole, Aiuaba, Arneiroz, Parambu e Tauá). “Com esse hospital Quixeramobim vai ser a cidade sede de saúde do Sertão Central”, ressaltou o Governador.

Além dos leitos de urgência e emergência, o HRSC contará com 11 salas de cirurgia, 15 consultórios e oito salas de exames e tratamentos. Como destacou o secretário da Saúde, Arruda Bastos, o equipamento também vai garantir a assistência com mais qualidade a saúde da mulher, já que contará com um Centro de Atenção à Saúde Sexual e Reprodutiva da Mulher. “Isso vai garantir um redução na mortalidade infantil dessa macrorregião e que as mulheres sejam atendidas com mais qualidade”, garantiu o secretário.

Segundo a Secretaria da Saúde, o novo Hospital terá área construída de 19.505 metros quadrados. O HRSC terá perfil terciário – fará atendimento a casos de alta complexidade daquela macrorregião de saúde. Somados a esse equipamento, o Governo do Estado está construindo Policlínicas, Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs) e Unidades de Pronto Atendimento – 24 horas (UPAs) regionais em Tauá, Quixadá e Canindé, que beneficiam diretamente essa Região. “Foi também determinação do Governador que todas a cidades que compõe essa região sejam atendidas pelo SAMU 192, antes mesmo da inauguração do novo hospital. Esse serviço é responsável pelo atendimento pré-hospitalar”, anunciou Arruda Bastos.

Fonte: Portal do Governo do Estado do Ceará

Na Solenidade de assinatura da ordem de serviço do Hospital Regional do Sertão Central o diretor do Hospital Maternidade Jesus Maria José, Maciano Sousa Silva, esteve presente.

[nggallery id=66]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *