HMJMJ realiza Semana Mundial do Aleitamento Materno

O Hospital Maternidade Jesus Maria José realizou a Semana Mundial do Aleitamento Materno (1º a 07 de Agosto), onde tivemos exibição de vídeos, palestras e panfletagem sobre amamentação.

Desde sua criação em 1948 que a Organização Mundial de Saúde – OMS tem entre suas ações aquelas voltada a saúde da criança, devido a grande preocupação com a mortalidade infantil. Em 1990, de um encontro organizado pela OMS e UNICEF resultou um documento adotado por organizações governamentais e não governamentais, assim como, por defensores da amamentação de vários países, entre eles o Brasil.

A Semana Mundial é considerada como veículo para promoção da amamentação, ocorrendo em 120 Países e, oficialmente, é celebrada de 1 a 7 de agosto.

O documento chamado “Declaração de Innocenti” apresentou quatro objetivos operacionais:

• Estabelecer um comitê nacional de coordenação da amamentação;
• Implementar os “10 passos para o sucesso da amamentação” em todas as maternidades;
• Implementar o Código Internacional de Comercialização dos Substitutos do Leite Materno e todas as resoluções relevantes da Assembleia Mundial de Saúde;
• Adotar legislação que proteja a mulher que amamenta no trabalho.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) defende que o aleitamento materno é a melhor forma de fornecer ao recém-nascido os nutrientes necessários ao bebê. A orientação é que o bebê receba exclusivamente o leite materno até os seis meses e, depois disso, ele seja associado a outros alimentos até que a criança complete dois anos.

. E por isso, a importância do aleitamento materno exclusivo nos seis primeiros meses de vida do bebê.

O Banco de Leite Humano do HMJMJ, inaugurado no dia 4 de Maio de 2001, foi um passo seguinte à Campanha Sistemática de Aleitamento Materno, pelo qual foi reconhecido pelo Ministério da Saúde e UNICEF como “Hospital Amigo da Criança”, em Junho de 1996.

Confira os dez passos definidos pela Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano para o sucesso da amamentação:

1. Ter uma norma escrita sobre Aleitamento Materno, a qual deve ser rotineiramente transmitida a toda a equipe do serviço.

2. Capacitar toda a equipe de cuidadores de saúde nas práticas necessárias para implementar essa política.

3. Informar todas as gestantes sobre os benefícios e o manejo do Aleitamento Materno.

4. Recomendar o contato pele a pele precoce e prolongado no período pós-parto imediato, que deve durar até a primeira mamada ou pelo tempo que a mãe desejar.

5. Mostrar às mães como amamentar e como manter a lactação mesmo se vierem a ser separadas dos filhos.

6. Não oferecer a recém-nascido nenhum outro alimento ou bebida que não seja o leite materno a não ser que haja indicação médica.

7. Praticar o alojamento conjunto – permitir que mães e recém-nascidos permaneçam juntos 24 horas por dia.

8. Incentivar o aleitamento materno sob livre demanda.

9. Não oferecer bicos artificiais ou chupetas a crianças amamentadas.

10. Promover a formação de grupos de apoio à amamentação e encaminhar as mães a esses grupos na alta da maternidade.

O Banco de Leite Humano do HMJMJ precisa de doadoras para manter o estoque com níveis suficientes para atender a demanda.


Veja também

Banco de Leite Humano do HMJMJ é parabenizado pela FIOCRUZ

Política de Aleitamento Materno

Uma resposta a HMJMJ realiza Semana Mundial do Aleitamento Materno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *