HMJMJ vai a Brasília participar de Congresso

O Hospital Maternidade Jesus Maria José vai a Brasília participar do XXII Congresso Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do Ceará.

Realizado entre os dias 21 a 23 de Agosto, no Centro de Eventos Brasil 21 em Brasília, o XXII Congresso Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, teve a temática Hospitais Filantrópicos: a maior rede de assistência hospitalar do Brasil.

Com uma rede composta por cerca de 2.100 hospitais que garantem à população acesso universal a atendimentos de Saúde com qualidade, resolubilidade e alta complexidade, o Setor Filantrópico é responsável pela maior parte dos atendimentos e internações realizada na Saúde Pública. Essa rede representa mais de 50% dos leitos públicos, além de se destacar em áreas com transplantes, tratamento oncológico, cirurgias neurológicas e realização de partos.

O segmento filantrópico também tem papel primordial nos municípios até 30.000 habitantes, onde são, na grande maioria, o único estabelecimento de Saúde disponível, sendo sua existência essencial para a continuidade do atendimento da população local.

Entretanto, apesar de sua grande importância, o financiamento continua sendo o maior ponto de divergência para o Setor como um todo. Desde sua origem, o Sistema Único de Saúde (SUS) tem enfrentado desafios e dificuldades que vão da concepção do modelo à real implantação das ações e estruturação operacional. Falta ao governo – em todas as suas instâncias – uma participação mais efetiva no financiamento do Setor, uma mudança de visão quanto à necessidade de investimentos, discussão honesta sobre gestão e coragem para priorizar a Saúde do Brasil.

Essas foram as palavras de José Reinaldo Nogueira de Oliveira Júnior, presidente da CMB (Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas).

Entre os diversos assuntos debatidos estão: A Implantação das Redes de Atenção, o desenvolvimento de Programas Específicos de Atenção à Saúde e a Parcerias dos Governos Estaduais e Federais com Hospitais Filantrópicos, que teve como palestrantes, Antôni Jorge de Souza Marques (Secretário de Estado da Saúde de Minas Gerais) e Alzira Jorge (Diretora do Departamento de Atenção Especializada da SAS do Ministério da Saúde – DF) e Rede de Hospitais Filantrópicos – Desafios e Oportunidades, palestrantes, Júlio Dorneles de Matos (presidente da Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do Rio Grande do Sul RS) e Humberto Gomes de Melo (Provedor da Santa Casa de Misericórdia de Maceió – AL).

[nggallery id=91]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *