Seu peito pode até ser diferente… mas o câncer é igual!

outubro_rosa_logoO Hospital Maternidade Jesus Maria José está engajado na luta contra o Câncer de Mama, por isso, terá durante todo o mês de Outubro uma programação voltada especialmente para conscientização e prevenção do Câncer de Mama.

_Programação

ORGANIZAÇÃO:

Adriana Castelo Branco Araújo – Coordenadora de Projetos

Joana Darc Carlos de Holanda – Gerente de Enfermagem do HMJMJ

Jamylle Ricardo Costa – Enfermeira Supervisora

Julierme Almeida Rocha – Presidente da CIPA

Regina Telma Patrício Leitão – Técnica de Segurança do Trabalho

No Brasil, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estádios avançados. Na população mundial, a sobrevida média após cinco anos é de 61%.

Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta faixa etária sua incidência cresce rápida e progressivamente. Estatísticas indicam aumento de sua incidência tanto nos países desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), nas décadas de 60 e 70 registrou-se um aumento de 10 vezes nas taxas de incidência ajustadas por idade nos Registros de Câncer de Base Populacional de diversos continentes.

A inclusão das ações de controle de câncer entre os 16 Objetivos Estratégicos do Ministério da Saúde para o período 2011 – 2015, com destaque para as ações de redução da prevalência do tabagismo e de ampliação de acesso, diagnóstico e tratamento em tempo oportuno dos cânceres de mama e do colo do útero, assim como a publicação da nova Política Nacional de Prevenção e Controle de Câncer na Rede de Atenção às Pessoas com Doenças Crônicas (PNPCC-RAS), por meio da Portaria no 874, de 16 de maio de 2013, são exemplos destacados dessa premissa.

Essas informações são cada vez mais utilizadas, em áreas já estabelecidas, como a do planejamento das ações para a prevenção e controle do câncer, bem como em artigos científicos, dissertações e teses relacionadas ao câncer, além de se configurarem como importante instrumento dos meios de comunicação de massa e da imprensa em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *