CIPA

Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – Gestão 2011/2012

Representantes dos Empregados

  • Maria Marilene Ferreira de Morais (Presidente)
  • Igor Alexandre Sampaio de Oliveira (Vice-presidente)
  • Maria Oscarina Mesquita de Loiola
  • Ana Lucia Paz
  • Antônio Alex da Silva Andrade
  • Cecília Jacinto da Silva
  • Maria Gilvânia Sousa Lima

Representantes do Empregador

  • Liduína Lavor
  • Josefa Santana Lessa
  • Adriane Lopes
  • Luís Carlos Gomes Holanda
  • Francisco Flávio Nunes Andrade
  • Alberto Queiroz Rodrigues
  • José Plácido Tôrres

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) é um instrumento que os trabalhadores dispõem para tratar da prevenção de acidentes do trabalho, das condições do ambiente do trabalho e de todos os aspectos que afetam sua saúde e segurança. A CIPA é regulamentada pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) nos artigos 162 a 165 e pela Norma Regulamentadora 5 (NR-5), contida na portaria 3.214 de 8 de Junho de 1978 baixada pelo Ministério do Trabalho.

A constituição de órgãos dessa natureza dentro das empresas foi determinada pela ocorrência significativa e crescente de acidentes e doenças típicas do trabalho em todos os países que se industrializaram.

A CIPA é composta de representantes do empregador e dos empregados, de acordo com o dimensionamento previsto, ressalvadas as alterações disciplinadas em atos normativos para setores econômicos específicos.

No Brasil, esta participação, prevista na CLT, se restringe a CIPA, onde os trabalhadores formalmente ocupam metade de sua composição após eleições diretas e anuais.

Objetivos:

O objetivo básico da CIPA é fazer com que empregadores e empregados trabalhem conjuntamente na tarefa de prevenir acidentes e melhorar a qualidade do ambiente de trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador.

A CIPA também tem por atribuição identificar os riscos do processo de trabalho e elaborar o mapa de risco, com a participação do maior número de trabalhadores e com a assessoria do SESMT.

Atribuições dos Representantes da CIPA

1) Divulgar aos trabalhadores informações relativas à segurança e saúde no trabalhado;

2) Divulgar e promover o cumprimento das normas regulamentadoras;

3) Colaborar no desenvolvimento e implementação do PCMSO e PPRA;

4) Promover anualmente em conjunto com o SESMT, se houver, a semana interna de prevenção do trabalho – SIPAT;

5) As atas de reuniões deverão ficar no estabelecimento a disposição dos agentes de inspeção do trabalho;

6) As atas de reuniões deverão ser assinadas pelos presentes com encaminhamento de cópias para todos os membros.

Membros:

Somos a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes e Doenças do Trabalho do HMJMJ em Quixadá-Ce, que desenvolve ações educativas e preventivas, visando à redução de riscos na atividade e no local de trabalho e otimizando a melhoria da qualidade de vida do trabalhador.
Pelo dimensionamento do hospital, compomos um grupo de 15 colaboradores, sendo 07 eleitos pelo voto direto a cada renovação de gestão, 07 indicados pela direção e mais a secretária, escolhida pela comissão através de votação.

Voltar ao Topo


Veja também

Os comentários estão encerrados.